Seja bem-vindo ao Radical Livre

Pegue seu café, tome poesia, divague em futilidades e não esqueça de deixar seu comentário.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012




Por que se prender em um passado,
Amar um continuum cristalizado,
Belo, mas inanimado?
Ao futuro não cabe nada além de esperanças.
Não que o amor que te guardo
Tenha prazo de validade,
Mas se for para amar
Que seja desde hoje.

(Alex Rodrigues)


"Tenho apenas duas mãos
e o sentimento do mundo"
(Carlos Drummond de Andrade)

3 comentários:

  1. Desde hoje até quando for possível. Amém.

    ResponderExcluir
  2. O problema é que o tempo consome todas as nossas emoções, gerando dificuldade na plenitude de valores e no próprio tatear da essência. O passado já passou, o futuro ainda virá e o que permanece é o presente. As histórias ficam guardadas no coração e os planos deixamos para o futuro, mas o presente, dele é a honra de toda a felicidade gerada. Grandes abraços grande poeta !

    ResponderExcluir
  3. Ah esse tempo, esse maldito tempo...

    ResponderExcluir