Seja bem-vindo ao Radical Livre

Pegue seu café, tome poesia, divague em futilidades e não esqueça de deixar seu comentário.

domingo, 2 de outubro de 2011


 

Foto de Alex Rodrigues.

não vi
somente senti
consciente perdi
a presença de ti
talvez porque
na vaga ausência displicente
a calma impaciente
da iluminada escuridão
cortou no fluxo da alma
a corrente atrofiada
que a tempos relutava
pra irrigar meu coração...

(Alex Rodrigues)

"sinestesias e paradoxos são tentativas de expressar o indizível
os sentimentos são indezíveis
nós tentamos expressá-los pelas palavras,
mas sabemos q sempre daremos apenas
uma pálida impressão do q sentimos
Aí vc deságua em outro contrário: o calar e o falar
os sentimentos calam
como diz a Marisa: "falados os segredos calam..."
(Anderson Bittencourt via Facebook)



Texto escrito em 2007, do qual eu nem tinha conhecimento.... Dedicado ao Anderson, meu professor de literatura do 3º ano que o guardou.

3 comentários:

  1. 1º essa trave é minha, eu vi primeiro... Tisso e Diogo são testemunhas srrs
    2º O poema é lindo...às vezes só o trauma da perda pra nos acordar...

    ResponderExcluir
  2. Tua presença tem se tornado involuntária, irretratável , desconexa ...
    Seria " a corrente atrofiada
    que a tempos relutava
    pra irrigar meu coração..."
    Saudades ..
    Abraços

    ResponderExcluir